O amor é como um esporte mental: use as estratégias a seu favor

O amor é como um esporte mental: use as estratégias a seu favor

O amor é como um esporte mental: use as estratégias a seu favor

Se você leu o título deste post e achou estranho, não se assuste. Um dos esportes mentais que mais cresce atualmente é o poker e, para ser bom no assunto, é preciso muita habilidade, estudo e estratégia.
Por conta de todo esse aspecto, é possível aplicar alguns conceitos desse esporte em outras áreas da vida.

Os profissionais de poker passam bastante tempo estudando, aprendendo novas estratégias e se aperfeiçoando física e mentalmente.
Assim, quando ganham uma partida, é porque sabiam o que estavam fazendo e adotaram a melhor tática mesmo quando não têm as melhores cartas.

Dito isso, por que não trazer algumas dessas estratégias para o jogo do amor e, quem sabe, descolar um encontro?
Alguns aprendizados do poker podem ser levados para vida e aqui vão algumas dicas de como melhor usá-los no amor.

No poker, de modo geral, as cartas mais altas são consideradas melhores – porém, uma sequência em ordem numérica de cartas mais baixas pode formar um straight flush – a mão mais alta possível – e superar um full house, por exemplo.
Se aplicarmos a mesma ideia aos relacionamentos, percebemos que, às vezes, nos deparamos com aquela pessoa que aparenta ser perfeita: veste roupas de marcas, fala as coisas certas na hora certa, mas que nem sempre nos trata direito ou sequer percebe que existimos.

Por outro lado, temos alguém mais simples e humilde, que de cara não parece ser um bom investimento, mas que, na verdade, possui um grande potencial de formar um straight flush.
Em outras palavras, abra o olho para as cartas mais baixas.

Outra lição válida que o esporte oferece é: aprenda a trabalhar com o que você tem. No poker, você não pode controlar as cartas que recebe, o que significa que às vezes você se deparará com cartas boas, às vezes não. Se as suas cartas forem ruins, reclamar não ajudará em nada.
Um bom atleta foca as energias em como melhor aproveitar o que tem para virar a partida ao seu favor. No amor, é a mesma coisa.
Não adianta ficar encontrando desculpas do tipo “se eu fosse mais bonito/a ele/ela me notaria” ou “se eu fosse rico/a poderia sair para tal lugar”.
Aprender a realçar o que temos de melhor e transpor obstáculos pessoais é essencial para conquistar a pessoa desejada. Quando a oportunidade não surgir, faça-a aparecer.

Relacionamentos são capazes de despertar na gente todo tipo de emoções, mas se tem algo que um bom profissional de poker sabe fazer é controlá-las.

Durante uma partida de poker, um participante experimenta uma sequência de emoções, mas que não ficam evidentes para os seus adversários. O mesmo pode ser aplicado ao amor.
Tomar decisões por impulso, no calor do momento, pode levar empresas a perder milhões, que dirá estragar um relacionamento.

Muitas vezes, é preciso manter a poker face e esperar os ânimos se acalmarem.
Assim, você não só evita uma potencial briga, como não expõe tanto seus sentimos, especialmente se você ainda estiver na fase inicial do relacionamento.

Por fim, saiba quando é hora de desistir. Quando um relacionamento mostra sinais de estar fora dos trilhos ou a pessoa se transforma para pior, na medida em que você a conhece, é melhor desistir do que insistir e perder muito no futuro.
No poker, cartas muito ruins dificilmente trarão grandes resultados.
Dessa forma, um bom atleta sabe quando é preciso abandonar determinada mão para evitar maiores perdas.
No jogo do amor, saber a hora de terminar um relacionamento tóxico vai te salvar de muitos dias de tristeza.
O amor é como um esporte mental

 

Comentários

Comments

Artigos relacionados
cozinhar para muita gente dicas filmes sobre gastronomia para se inspirar sites de viagem compartilhada como calcular o custo de uma receita vantagens e desvantagens de se morar na lisboa comidas tipicas brasileiras restaurantes em curitiba restaurantes lisboa sharing economy economia compartilhada livros sobre viagens inesqueciveis matando saudade do brasil em lisboa o que fazer em toronto onde comer em bruxelas brigas de amor tarot do amor www.brazilianfoodweek.com brazilian food week